Tamanho de sungas e biquínis choca americanos que assistem à Olimpíada

629205-640x480-1

Enquanto a maior parte das ações da Olimpíada acontece dentro das arenas e quadras, os americanos encontraram uma diversão fora delas: acompanhar chocados o tamanho das sungas e dos biquínis usados pelos brasileiros.

Em reportagem publicada pelo “Wall Street Journal” nesta segunda-feira (8), telespectadores disseram estar surpresos com o tamanho das roupas de banho e também com o fato de elas serem usadas em todos os lugares e situações, não só nas praias.

“Homens no Rio vestem sungas não só para tomar sol e nadar, mas também para jogar vôlei, pescar, praticar stand-up paddle, surfar, pedalar, andar de skate e patins ou jogar futebol na areia. Enquanto alguns homens vestem camisetas antes de chegar à praia, outros não têm medo de andar pelas ruas mostrando tudo”, escreveu o jornal.

Como a NBC, rede americana que faz a cobertura dos Jogos Olímpicos, usa a praia como fundo de reportagens e também do seu estúdio, os telespectadores já se ligaram que alguma coisa incomum pode acontecer ao vivo.

Quer dizer, algo incomum para eles. Em uma transmissão do sábado (6), por exemplo, um homem fez sucesso entre os usuários das redes sociais dos EUA porque, vestindo apenas uma sunga azul, ficou cerca de meio minuto passando protetor solar no corpo.

“Acho que minha parte favorita da Olimpíada até agora é assistir ao repórter, de terno, tentar conduzir entrevistas normalmente, enquanto homens peludos vestindo apenas uma sunga rosa ficam gesticulando atrás dele”, escreveu uma usuária do Facebook.

“Eu não conseguiria viver no Brasil, porque eu não usaria uma sunga, mesmo se estivesse sozinho em casa”, afirmou outro.

Segundo um representante da NBC ouvido pelo “Wall Street Journal”, as cenas filmadas na praia acabam sendo “outro grande elemento da TV ao vivo”.

 Transmissão da NBC
Fonte: Folha

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*