Witzel prorroga quarentena por mais 15 dias em todo o estado do Rio de Janeiro

Foto: Tania Rego/Agência Brasil.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, publicou hoje no Diário Oficial do Estado um novo decreto prorrogando por mais 15 dias a quarentena em todo o estado para combater o coronavírus covid-19. Inicialmente, o isolamento social terminaria no próximo dia 31 de março.

Witzel justifica a prorrogação pela necessidade de atualizar medidas diante das mortes já confirmadas, e também diz que a omissão do estado poderia gerar um grave transtorno à saúde coletiva e a responsabilização dos agentes e do próprio estado.

No Twitter, o governador aparentemente fez duras críticas as declarações de Jair Bolsonaro, apesar não citar o nome do mesmo.

“Essa decisão é baseada na avaliação da OMS e das autoridades sanitárias. Não desafie o coronavírus. Não siga atitudes impensadas e descoladas da realidade”. 

Segundo a Carta Capital, a ação do governador já era esperada, considerando que ele declarou em diversas ocasiões que renovaria o decreto. A medida proíbe acesso às praias, suspende linhas rodoviária e aérea entre o Rio e Estados brasileiros e países onde há casos de covid-19. Interrompe também a circulação de linhas de ônibus entre o município do Rio e as cidades vizinhas.

Até o fechamento desta notícia, já são 17 mortes no Rio de Janeiro, e mais de 600 casos confirmados. No último domingo, foram confirmados mais quatro óbitos na capital, sendo três homens de 64, 72 e 86 anos, e uma mulher de 78. Outros 47 óbitos estão em investigação.

Vale lembrar que recentemente houve a denúncia de que idosos andam circulando livremente pelas ruas de Ipanema, mesmo com a maior parte do comércio fechado.

COMO SE PROTEGER DO CORONAVÍRUS?

Pelo coronavírus (COVID-19) ser altamente contagioso, a maior recomendação é que as pessoas se isolem socialmente até que a situação melhore, já que o crescimento do contágio tende a ser exponencial.

A recomendação é evitar lugares muito cheios, como casas noturnas, praias, cultos ou qualquer ambiente onde haja concentração de pessoas; evitar beijos e abraços também.

Além disso, lavar as mãos com sabão, não só na palma, mas também na parte de cima e entre os dedos. De preferência, utilizar um álcool em gel para assegurar que está bem protegido.

Profissionais do sexo ganharão cesta básica durante a quarentena no Rio de Janeiro

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*