Theatro Municipal Palco Livre convida Hélio Bejani e Cícero Gomes em Reflexões sobre o balé masculino no Brasil

Theatro Municipal Palco Livre convida Hélio Bejani e Cícero Gomes em Reflexões sobre o balé masculino no Brasil
Theatro Municipal Palco Livre convida Hélio Bejani e Cícero Gomes em Reflexões sobre o balé masculino no Brasil

O Diretor da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa e regente interino do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro respira a arte desde pequeno e conta onde tudo começou: “Quando o balé surgiu na ópera de Paris (tanto na escola em 1669 como profissionalmente em 1713) os homens eram os protagonistas. Eles perderam este posto no período romântico com o desenvolvimento do trabalho de pontas e da valorização do balé no período romântico. Coube a Marius Petipa a preocupação de valorizar novamente o balé masculino dando aos homens papéis de destaque em suas obras”.

No Brasil, desde a fundação da Escola de Dança Maria Olenewa em 1927 e a oficialização do corpo de baile em 1937,grandes nomes da  história da dança, professores brasileiros ou estrangeiros, sempre se preocuparam com a formação de bailarinos, seja para o Theatro Municipal ou para outros espaços.

Para falar sobre o incentivo à formação do bailarino, a preocupação com a técnica masculina, sobre os professores importantes que se dedicaram a formação de bailarinos e o mercado de trabalho dos profissionais que brilham no Brasil e no exterior, o Theatro Municipal Palco Livre convida o Diretor da Escola Maria Olenewa e regente interino do Corpo de Baile do TMRJ, Hélio Bejani e o primeiro bailarino do TMRJ, Cícero Gomes. O tema será Reflexões sobre o balé masculino no Brasil.

Sobre Hélio Bejani

Hélio Bejani é Natural de Piracicaba/SP. Bailarino, músico, coreógrafo e diretor artístico, é Diretor da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa e regente interino do corpo de baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Foi bailarino solista do TMRJ dançando todo seu repertório por 18 anos. Foi também coordenador da Orquestra Sinfônica do TMRJ. Atua ainda no carnaval do Rio de Janeiro como coreógrafo de comissão de frente desde 2007. Atualmente coreografa a Escola Acadêmicos do Grande Rio.

obre Cícero Gomes

Primeiro Bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, é também Embaixador do Rio de Janeiro. Formado na Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, estudou também na Escola de Dança da Ópera de Viena (Áustria) e Elmhust School for Dance (Inglaterra).Foi bailarino da Cia Jovem de Ballet do Rio de Janeiro por cinco anos até ingressar no Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, em 2008, já como solista. Em sua segunda temporada, estreou seu primeiro protagonista. Trabalhou com célebres maitres e coreógrafos mundiais, tais como, Luigi Bonino, Marco Pierin, Boris Storjokov, Tatiana Leskova, Luís Ortigoza, Márcia Haydee, David Parsons, Cirryl Atanasof, Rose Muñoz, entre muitos outros.Em seu repertório estão obras consagradas de Jhon Cranko, Roland Petit, Fokine, Nijinsky, Uwe Sholz, Marcia Haydee, Enrique Martinez, Vicente Nebrada, além de todo repertório clássico.

Serviço:

Theatro Municipal Palco Livre convida Hélio Bejani e Cícero Gomes em Reflexões sobre o balé masculino no Brasil

Data: 21 de maio – quinta-feira

Live às 15h

Instagram: @theatromunicipalrj

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*