Museu do Amanhã anuncia programação híbrida no mês de setembro

Alinhado com os principais temas dos universos da ciência, da cultura e do meio ambiente, o Museu do Amanhã, gerido pelo Instituto do Desenvolvimento e Gestão (IDG), promove durante o mês de setembro uma programação híbrida para visitantes de todas as idades. Entre as atrações, estão atividades relacionadas ao Dia do Cerrado, celebrado em 11 de setembro. A Horta do Amanhã promoverá um encontro sobre as espécies nativas do Cerrado e na mesma tarde haverá uma oficina online de ilustração científica, com os ilustradores Pedro Vogeley e Marcos Ferraz, que abordarão a fauna e a flora da região. Também integra a agenda uma televisita especial em comemoração ao Dia do Orgulho Surdo, o programa Evidências das Culturas Negras e a oficina de contos Saifai – Ficção Científica à Brasileira, além do clube de leitura mensal. Confira!

Reprodução

Dia do Cerrado

Em 11 de setembro comemora-se o Dia do Cerrado. E o Museu do Amanhã preparou uma série de atividades que celebram as riquezas naturais e culturais desse bioma tão importante para a biodiversidade do país. Ao longo do mês, serão realizados encontros, presenciais e online, que colocarão o público em contato com essa parte da natureza, considerada o berço das águas e a savana mais rica do mundo.

Dia Nacional dos Surdos

Setembro também é o mês dedicado à visibilidade da Comunidade Surda Brasileira e, para celebrar a data, as televisitas do Museu do Amanhã contarão com uma edição especial em referência ao Dia Nacional dos Surdos, comemorado no dia 29. A partir da mediação dos educadores em libras, o visitante poderá percorrer toda a exposição principal, conhecer todas as cinco grandes áreas exploradas e ser estimulado a refletir acerca dos obstáculos vivenciados pela comunidade surda em meio a pandemia da Covid-19. As visitas devem ser previamente agendadas no site do Museu do Amanhã .

Confira abaixo a programação completa:

ROLÊ SAPIÊNCIA

Ludoceno – Biomas

11 de setembro, às 15h

Formato: Encontro via Zoom, inscrição no site

Em referência ao Dia Nacional do Cerrado, o Rolê Sapiência de setembro apresenta o “Ludoceno – Biomas”. Por meio de um jogo de tabuleiro virtual, os participantes poderão realizar um percurso sobre os biomas brasileiros e sua preservação diante dos efeitos já sentidos pelo Antropoceno.

CLUBE DE LEITURA DO MUSEU DO AMANHÃ

“Antes o Mundo Não Existia”, Umusi Parokumu e Toramu Kehir

Dia 18 de setembro, às 10h

Formato: Encontro via zoom, inscrição no site

O livro de narrativas de criação do povo indígena Desana “Antes o Mundo Não Existia” foi publicado inicialmente em 1980 e a iniciativa pioneira inspirou na década seguinte uma série de publicações em sua região de origem. A obra possibilita a percepção das transformações de lugares, além de conhecer os mitos e entender seus significados, que hoje estão presentes nas danças, rituais e benzimentos desse povo.

HORTA DO AMANHÃ

Cerrado: Patrimônio Natural

18 de setembro, às 16h30

Formato: Presencial, inscrição no site

Em setembro, a Horta do Amanhã propõe uma conversa sobre as espécies nativas do Cerrado com o objetivo de informar sobre os sistemas agroflorestais.

EVIDÊNCIA DAS CULTURAS NEGRAS: EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS COMUNITÁRIAS

22 de setembro, às 17h

Formato: Live no no canal oficial do Museu do Amanhã no YouTube

O programa Evidências das Culturas Negras promoverá a discussão sobre Educação e Tecnologias Comunitárias. Entre os temas abordados, está a Educação Pluriversal, desenhada pela filósofa e professora Dra. Aza Njeri, que inclui e reconhece o processo de educação gerado em terreiros, capoeiras, no jongo, como gestores ativos da potência dos sujeitos envolvidos na educação para além da escola cartesiana, ocidental e hierarquizada.

PRIMAVERA DE MUSEUS: É POSSÍVEL RECOMEÇAR PELO AMANHÃ?

23 de setembro, às 15h

Formato: Live no Tiktok

O Museu do Amanhã vai participar da 15ª edição da Primavera dos Museus, realizada pelo Instituto Brasileiro de Museus. No dia 23 de setembro, será realizada uma tour virtual pelo perfil do museu no TikTok , em tempo real, pela exposição principal. A atividade, voltada para toda a família, vai acontecer às 15h, e faz parte do projeto que terá como tema do ano: “Museus – Perdas e Recomeços”. A proposta é levantar o debate sobre o papel de equipamentos culturais como os museus diante de situações caóticas e catastróficas como a que se vive em meio à pandemia por COVID-19.

OFICINA DE ILUSTRAÇÃO CIENTÍFICA

25 de setembro, às 17h

Formato: Encontro via zoom, inscrição no site

Com os ilustradores Pedro Vogeley e Marcos Ferraz.

A masterclass de ilustração científica sobre a fauna e a flora do Cerrado será ministrada por Pedro Vogeley, que atua junto ao Museu do Cerrado e participa do curso de capacitação para guias de turismo em observação de aves na Chapada dos Veadeiros e Marcos Ferraz, que criou e coordena o Núcleo de Ilustração Científica do Instituto de Ciências Biológicas da UnB. Em 2001, Marcos foi premiado pelo Margaret Mee Amazon Trust com uma bolsa de especialização em Ilustração Botânica no Royal Botanical Gardens, Kew, Londres.

DOCUMENTÁRIO “CERRADO: DA ÁGUA À VIDA”

30 de setembro, às 17 h

Formato: Exibição no canal oficial do Museu do Amanhã no YouTube

Com 14 minutos de duração, o documentário “Cerrado: da água à vida”, produzido pela Agência Sapiens, intercala cenas da região do Cerrado com depoimentos diversos. Entre os entrevistados, estão a apresentadora Bela Gil, o professor da UFRJ Fábio Scarano, o Pesquisador Sênior do Inpe Jean Ometto e a professora da UNB Mercedes Bustamante.

TELEVISITA EM LIBRAS – DIA DO ORGULHO SURDO

30 de setembro, às 15h

Formato: Encontro via Zoom, inscrição no site

As Televisitas são uma nova modalidade de mediação em ambiente virtual, através da plataforma Zoom, para grupos interessados com até 60 participantes. A partir da mediação dos educadores em libras, o visitante poderá percorrer toda a exposição principal, conhecer todas as cinco grandes áreas exploradas e ser estimulado a refletir acerca dos obstáculos vivenciados pela comunidade surda em meio à pandemia da Covid-19. As visitas devem ser previamente agendadas no site do Museu do Amanhã.

YOGA

Todos os sábados das 16h30 às 17h30

Formato: Presencial, no Átrio do Museu do Amanhã

Inscrição via aplicativo do MudeFit

Seguindo todos os protocolos do Museu do Amanhã e distanciamento entre os participantes, a atividade acontece todos os sábados no átrio do Museu do Amanhã e é ministrada pela professora Gunatita. As inscrições devem ser realizadas pelao app MudeFit, 24h antes da aula.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*